Huston, Feisty Fawn is Frozen

Tollef Fog Heen anúnciou que o repositório “main” está frozen, o que quer dizer que não há mais mudanças de código… e que até Abril agora é sempre em velocidade de cruzeiro… O Ubuntu Herd 5 deve sair ainda esta semana… e depois, betas, RC e final release… Para quem já o tiver instalado… o update-center vai tendo trabalho diário para realizar.

E afinal a Dell foge…

Depois do buzz anterior que dava a Dell como vendedora de máquinas pré-instaladas com Linux, lá saiu hoje uma comunicação a desmentir isto tudo, sendo que apenas vão ser máquinas certificadas para correr… SUSE, o Linux da Novell…

É pena, mas eu desconfio que isto tem alguma coisa a ver com o acordo Novell-Microsoft e muito medo de processos por patentes…

Dell e Linux

Primeiro começaram a vender máquinas sem sistema operativo instalado, porque há pessoas que preferem instalar o seu próprio sistema. Agora e depois de muitos terem pedido, a Dell anunciou que vai começar a vender algumas máquinas com linux. Finalmente e esperemos que rapidamente isto se verifique a nível global…

Utilizando VNC, Samba ou SSH no meu Ubuntu?

Tenho dois computadores aqui em casa que gostaria de ligar porque estou sempre a trabalhar entre os dois. E para optimizar o trabalho pensei como poderia fazer para que ambos estivessem disponíveis para partilhar os dados. Várias soluções saltaram imediatamente para a mesa de trabalho, VNC, SSH ou SAMBA. Então decidi atirar-me as ver os prós e os contras de cada um e acabei a utilizar o SAMBA.

Aqui ficam as indicações para que da próxima vez eu não me esqueça disto:

Continuar a ler

Ubuntu – Onde obter

Uma das dificuldades de aceitação do linux, apesar de ser gratuito, é que para se poder experimentar, se tem que fazer download de um CD. Isto representa normalmente 700 Mb e as pessoas infelizmente continuam presas a tectos de download que são impostos pelas razões mais parvas do mundo. Mas isso daria outra discussão. A fim de ajudar quem não quiser fazer downloads internacionais e estiver disposto a fazer download dos CDs a partir de tráfego nacional, fiz uma recolha de alguns sítios onde se pode fazer download “mais barato”

http://darkstar.ist.utl.pt/

ftp://glua.ua.pt/ubuntu/

http://neacm.fe.up.pt/pub/ubuntu-releases/


http://ftp.dei.uc.pt/pub/linux/ubuntu/

http://ftp.nux.ipb.pt/pub/index.php?dir=dists%2Fubuntu%2F

http://gul.est.ips.pt/ftp/

Agora não há desculpas de limites de tráfego para experimentar o Ubuntu. Estes sites disponibilizam pelo menos o Ubuntu 6.10 e alguns deles também outras distribuições. Quanto ao Herd 4 (7.04) para já só a partir dos repositórios centrais. Mas como ainda não foi oficialmente lançado, naturalmente há que esperar mais um pouco.

Ver ainda:

Utilizando VNC, Smaba ou SSH no meu Ubuntu

Black Apple?

Ok… Os frigoríficos são brancos, a Holanda é laranja e o Porto é Azul e Branco.

Mas a nova tendência da apple para mudar a linha para produtos pretos?.. será que o iMac de 24 polegadas merece isto? Não sei o que pensar desta tendência… para isso compra-se um toshiba.

Ainda outras coisas, ando às voltas com uma instalação de linux numa pen de 512 Mb… mas por algum motivo a coisa não está a funcionar mto bem. O Grub da pen, em vez de me carregar o linux que tenho na pen (Phlak), carrega-me o linux que tenho instalado (ubuntu 7.04 Herd 4). Argh!.. alguém tem sugestões?

Uma pequena história

Vamos imaginar que você é um fabricante de carros. Uma grande empresa, sem dúvida. Cheio de sucessos no passado, mas que já não tem um carro verdadeiramente inovador há alguns anos. Entretanto o seu último carro, apesar de não ser muito seguro, foi evoluindo e muitos sucateiros fizeram fortuna. As oficinas de reparações adoraram o seu último carro. Você percebe que tem que fazer qualquer coisa importante e mete a equipa de desenvolvimento a trabalhar para reinventar o carro dos carros. O seu novo produto vai ser fascinante. Vai varrer da face da terra todos os outros concorrentes. Só vão haver carros da sua marca. O trabalho decorre como devia, e quando finalmente chega o dia do lançamento faz uma grande conferência de imprensa para apresentar o novo bólide: O carro dos carros, impossível de ter acidentes com ele, impossível de se enganar. Vai ser fantástico.

As especificações do carro? 8 metros de comprimento, 4 toneladas, um motor V12 de 6 litros e um consumo de 35 litros aos cem. Velocidade máxima: 210km/h (um pouco mais rápido que um citadino, mas muito dificilmente chamaríamos a isto um citadino). Sim, as linhas são agradáveis e modernas, mas afinal um pouco semelhantes a alguns carros da concorrência. O preço?… uma exorbitância.

Passados alguns meses depois do lançamento você descobre que as vendas estão muito abaixo das expectativas, é entrevistado por uma revista automóvel e tem que arranjar uma justificação e sai-se com:

“A culpa? A culpa é da chuva… Se houvesse mais chuva havia mais acidentes e podiamos vender mais carros!”

Esta história faz-lhe lembrar alguma coisa? Não? A mim faz.

Se mantivermos a história e se a companhia se chamar Microsoft, então o Vista é o sapo que não vende e a culpa é dos piratas, porque de resto tudo se mantém na mesma. Mas aí se calhar a história já não tem tanta piada como quando se fala de carros.