Debian 4.0

Saiu finalmente o Debian GNU/Linux 4.0 (Etch)…

Ontem decidi experimentar e fiz download da versão “business card” (o mínimo para se conseguir depois efectuar uma instalação via net) e utilizei a ISO para fazer uma instalação minimalista (sem desktop, apenas com um Web Server, File Server e DNS Server) dentro de uma máquina virtual do vmware Fusion. A instalação foi ultra rápida e todo o sistema depois de estar instalado revelou-se bastante rápido.

Sendo utilizador Debian / Ubuntu há mais tempo que me conheço (nunca consegui jogar no campo do fedora ou suse ou… outros ) para já esta versão do Debian embora não me leve a abandonar o Ubuntu no Desktop, sugere-me no entanto que para algum servidor que precise de instalar, a sua robustez e preferência por software mais que testado e seguro, é uma excelente alternativa.

Uma resposta

  1. Concordo. Mas resolvi “esticar a corda” e ir para o Debian no Desktop. Bem, como estava a usar o Feisty, senti algum (pequeno) retrocesso por estar agora a usar o Gnome 2.14 em detrimento do 2.18.
    O network-manager no Feisty estava instável, na minha instalação. Pelo que tenho recebido via Launchpad, parece que já começa a funcionar em muito mais pessoas.
    No desktop é muuuuito mais rápido. Mesmo! Mas o ubuntu é fabuloso, e tenho então as 2 distribuições (bem, e o XP original da HP que raramente vê a luz do dia, heh…)

    O Debian deve ser globalmente a distribuição GNU/Linux com mais instalações servidoras, não é ?

    Em relação ao Ubuntu, de facto, a técnica dos 6 meses gera um marketing e uma apetência muito gira. Quem é que não fica curioso a falar dos nomes das distribuições, quando são tornadas públicas pelo Mark ? :)

    Só mais uma nota… no Debian desktop gera estranheza ver o Icedove (Thunderbird) e o Iceweasel (Firefox), ainda por cima com ícones diferentes :)

    Mais uma coisa, bem vindo ao P* ;)

Os comentários estão fechados.

%d bloggers like this: