Digg: a história de um número maldito…

Ontem estourou a polémica, e o verniz, no Digg. A entrada sobre o número mágico, a chamada Processing Key, que vai muito provavelmente permitir que os utilizadores de Linux possam ver filmes HD nos seus computadores.

Mas vamos por partes:

  • O número foi descoberto dia 11 de Fevereiro e já está nos fóruns da Doom9 desde essa altura. Aliás juntamente com a chave a leitura da thread mostra a evolução do processo de descoberta da chave. Muito interessante.
  • A chave não é mais do que um número: 0x09F911029D74E35BD84156C5635688C0.
  • Depois do aparecimento do número, a AACS LA começou a enviar cartas C&D para que os sites fossem retirados alegando que sob a DMCA Act o número era propriedade intelectual da AACS LA e portanto não poderia ser publicado.
  • O Digg foi um dos visados e retirou a primeira entrada para a chave.
  • A segunda entrada no digg sobre o assunto ultrapassou em menos de 24h os 15 000 diggs ( o máximo usualmente anda pelas 3, 4 mil) e também foi retirada do ar…
  • A partir daqui o equipa do Digg colocou um post no blog a explicar o porquê… tinham medo a C&D
  • Sendo um site social, feito pelas pessoas, estas revoltaram-se e imediatamente começaram a submeter todas as entradas possíveis e imagináveis sobre a chave. Todas elas a receberem o apoio de todos e literalmente enchendo a página principal do digg com a chave. As massas preferiam ver o digg a ser processado do que a comportar-se que nem um cachorrinho.
  • Às 4h da manhã de ontem (hora a que me fui deitar, depois de 22h seguidas de trabalhos…) não havia uma única entrada na página principal do digg que não fosse sobre a chave.
  • A equipa do Digg percebeu que depois disto o digg não poderia voltar a ser o mesmo. O verniz tinha estalado, as massas revoltado e vencido. Assim, só lhes restavam duas alternativas: Manterem-se calados ou Mudarem de posição.
  • Hoje de manhã, o Kevin Rose mudou de posição: O Digg aceitou o poder das massas e anunciou no blog que não iam retirar mais a entradas com a chave e que iriam lidar com as consequências.
  • Parece-me que perceberam que, de uma forma ou de outra, a credibilidade do Digg estava afectada. Que lhes restava saber de que lado queriam combater.
  • Deste episódio retiram-se algumas lições no que diz respeito aos novos desafios das tecnologias modernas. Quer ao nível de quem produz estes agregadores sociais, quer ao nível dos sociologos interessados por estes fenómenos de cauda longa.
  • Esta noite no digg foi a prova de que o poder da cauda longa é maior que os hits da cabeça.
  • A industria dos filmes é, como sempre, a última a perceber o fenómeno da cauda longa. Veja-se o caso do DVD onde a industria queria impor um preço de venda de cerca de 70, 80$ por achar que isso corresponderia a 1 família de 5 ver o filme 3 a 4 vezes. Claro que isto foi no século passado, mas parece que esta é efectivamente uma industria que não aprende com a história.
  • Por fim, uma nota para o verdadeiro herói disto tudo, o hacker arnezami que conseguiu obter a chave. Outra coisa que também parece ter sido mal interpretada e que lendo nos foruns se percebe é que a chave tanto funciona para HD-DVD como BluRay. Portanto a guerra volta à estaca zero.

3 Respostas

  1. Uma óptima posta sim senhora, mais importante que a própria chave foi a revolução social, bem representativa do poder que agora esta exerce. Um fenómeno pelo qual eu me admiro cada vez que o vejo, mas que mais me alegra!

  2. […] – Editor Hexadecimal para MACs 3 05 2007 Tanto se tem falado de números hexadecimais aqui e no mundo, que reparei que não conhecia nenhum editor para MAC. Honestamente, não conhecia […]

  3. […] também: Digg, a história de um número maldito API do Pownce Slashdot faz 10 […]

Os comentários estão fechados.

%d bloggers like this: