Apple: Vamos levar os iBricks a tribunal…

1045CD90-1C81-4C31-A25B-15FD972BC4A6.jpg

Apple Users Talking Class-Action Lawsuit Over iPhone Locking – Wolfe’s Den Blog – InformationWeek: “You bought the iPhone, you paid for it, but now Apple is telling you how you have to use it, and if you don’t do things they way they say, they’re going to lock it. Turn it into a useless ‘brick.”

As práticas das companhias monopolistas é terrível, os seus termos de serviço são um verdadeiro cinto de forças do qual é quase impossível sair. São desenhados de forma a que o utilizador que paga, se limite a viver cercado de zonas perigosas, que se forem ultrapassadas permitirão às empresas terminar, e até destruir o produto que lhe venderam.


Parece que no caso dos iPhones, os utilizadores que ficaram com iBricks estão a preparar uma acção judicial contra a Apple por incumprimento de garantia. Ora a Apple vai-se defender que eles mexeram nos aparelhos e isso é uma violação dos termos de serviço, mas por outro lado estes termos de serviço não são exagerados? Não haverá alguma lei que fira de nulidade o que vai para além do razoável?

2 Respostas

  1. “…mas por outro lado estes termos de serviço não são exagerados? Não haverá alguma lei que fira de nulidade o que vai para além do razoável?”

    Isto para mim é bastante simples, as pessoas quando adquirem um equipamento/serviço aceitam as suas condições, caso contrário não o compram. Os tipos que têm a mania que são “espertos” correm o risco de lhes acontecerem isto. A mesma coisa aconteceu com a XBox 360 que com um upgrade ficaram sem as contas online.
    Aliás a Apple avisou com antecedência que isto ia acontecer.
    Agora, só gajos “Iluminados” é que pensam que vão ganhar alguma coisa com este caso. Tipo: “Quero receber uma indemnização por ser um imbecil que não cumpriu as condições de serviço”. Dah

  2. Se os termos de serviço são exagerados apenas cabe ao cliente decidir.

    Se estiverem em desacordo deverão desistir de adquirir o produto. Ninguém é multado por não ter um iPhone ou o mesmo não é essencial à sobrevivência da nossa espécie.

    Simples.

    Pessoalmente, sou anti-pirataria, anti-cracks, etc… gosto que existam regras.

    Considero-me um consumidor exigente, mas informado.

Os comentários estão fechados.

%d bloggers like this: