Afinal os discos rígidos ainda não morreram

Afinal os discos rigidos ainda não morreramDepois do Nobel da Física ter ido para os cientistas responsáveis pelas cabeças dos actuais discos rígidos, a Hitachi prepara-se para prolongar a vida dos mesmos por mais algum tempo ao introduzir uma nova tecnologia que, diz, poderá colocar o tamanho das cabeças em metade da actual, aumentando dramaticamente drasticamente a capacidade dos discos.

Os responsáveis da empresa prevêem que a nova nanotecnologia de gravação permitirá ter discos até 4TB no desktop e até 1TB no portátil, antes de 2011. Ora isto é já daqui a 4 anos… Para a média dos portáteis isto será um aumento da capacidade de cerca de 10x (em média) o que sem dúvida deixa abertas muitas possibilidades dependendo naturalmente do preços e dos consumos energéticos dos mesmos discos.

Advertisements

2 Respostas

  1. Oh David, não quereras dizer “drasticamente” em vez de “dramaticamente”? ;o)

    Hugz,
    Luís

  2. Yep… tens razão… Drasticamente é melhor que dramaticamente…
    Já está alterado…

Os comentários estão fechados.

%d bloggers like this: