Second Life é um banco de teste

Second Life no Sixhat Pirate PartsO Second Life pode não ser aquilo que à partida se imagina, mas em todo o caso não deixa de ter o seu mérito, mais não seja pelo sexo virtual. Mas se por um lado o Second Life permite andar às compras, conversar e ter o tal sexo virtual, pode também servir um outro tipo de intenções, nomeadamente a da experimentação de novas ideias e a criação de simulações que de outra forma ficariam muito caras.

A CNN escreve hoje num artigo sobre como o Second Life se pode tornar numa plataforma de teste dessas ideias e conceitos, permitindo às empresas poupar dinheiro e aplicar novas ideias. Aborda também como as universidades estão, e podem, fazer pesquisa utilizando o SL como plataforma.

Ver também:
Sexo no Second Life
Second Life: A nossa vida pimbaa

Uma resposta

  1. […] também: Second Life é um banco de teste Second Life: A nossa vida […]

Os comentários estão fechados.

%d bloggers like this: