Sobre o canal 5 da TV

Primeiro que tudo tenho que avisar que eu não vejo televisão. Tenho uma, de 15″ que só tem os 4 canais nacionais de sinal aberto (e depende da orientação da antena interior apanhá-los em condições). Televisão esta que só é ligada esporadicamente pelo que não serei a pessoa mais indicada para falar de televisão.


Aquilo que mais me tem espantado ultimamente a propósito da abertura do espectro televisivo a mais um canal de sinal aberto é a crítica que alguns fazem ao facto de se abrir mais um canal dizendo que vai dar cabo do dinheiro da publicidade para os outros, para os jornais, para o seu bolso… Ou então porque mais um canal vai ter a mesma falta de qualidade, as mesmas novelas brasileiras de qualidade duvidosa ou os mesmos reality shows de má qualidade confirmada.

O que me choca é que esta atitude é a assunção de que mais canais irão induzir menos variedade na programação. Presumo então que estas pessoas são as mesmas que defendem que em Portugal não deve haver televisão privada. Aliás, o ideal seria mesmo acabar com todos os canais menos 1? E este 1? Como seria escolhido? É que com um canal apenas não haveria problemas de partilhas do dinheiro da publicidade. O bolo era todo para esse e o país era uma maravilha…. desde que esse canal passa-se o que esses críticos acham que é a televisão perfeita (a junção das palavras televisão e perfeita é um paradoxo que os tais comentadores parecem não compreender, mas isto levava-nos para outros planos de discussão).

Por outro lado no cabo proliferam os canais. Há-os de todos os tipos e gostos. Basta juntar 3 amigos para decidirem abrir um canal novo sobre alguma coisa. E onde está a qualidade da TV? Não quero imaginar a falta de qualidade que estes canais devem ter porque afinal ultrapassaram o número mágico dos 4… Ou será que são alimentados apenas pelas subscrições? Vamos também acabar com a TV por cabo? E já agora a TV por satélite? E que tal acabar mesmo com todos os dispositivos de TV existentes e vamos todos voltar a ler livros? (Livros, para quem não sabe, é uma coisa feita a partir de um derivado de árvore, cola e tinta que serve para cansar os olhos)

Claro que o culpado destas parvoíces é velho hábito português de nos comportarmos como velhos do Restelo do Camões e dizermos mal de tudo o que mexa na no status quo da nossa chafarica. Com essa lógica da “cultura de estupidez” conseguimos ser ouvidos e, pasme-se, respeitados…

5 Respostas

  1. E as familias das pessoas que vao ser despedidas por haver o 5ª canal? Isso já não lhe interessa.. deve ter um taxo qualquer numa empresa produtora e pronto nao interessa. o que interessa é que lhe deem mais trabalho.
    Portugal assim não vai lá.

  2. Ó amigo Abul… faça lá estas contas comigo:

    4 televisões: 4 telejornais: 4 pivots… pelo menos 8 cameramans..

    5 televisões: 5 telejornais: 5 pivots… pelo menos 10 cameramans..

    (só assim já dei emprego a mais 3 pessoas)

    Agora se tenho que estar preocupado com os despedimentos se calhar tenho que fazer a coisa ao contrário… deixe lá ver…

    1 televisão: 1 telejornal: 1 pivot… pelo menos 2 cameramans..

    Assim sim… já consigo perceber: com 1 televisão apenas vai haver, por este exercício de contas, pelo menos 9 famílias em apuros… Eram estas as contas que o amigo estava a fazer não era?

  3. boas contas, sim senhor

  4. e vamos todos voltar a ler livros? (Livros, para quem não sabe, é uma coisa feita a partir de um derivado de árvore, cola e tinta que serve para cansar os olhos)

  5. Este comentário não é sobre o 5º canal mas sobre livros
    “e vamos todos voltar a ler livros? (Livros, para quem não sabe, é uma coisa feita a partir de um derivado de árvore, cola e tinta que serve para cansar os olhos)”
    Será que eu vi bem ou tenho os olhos cansados ?
    O comentário não passa de uma ironia ou traduz uma sensibilidade que entende que o livro é mesmo o que está dito ? É que quanto ao cansar dos olhos, para quem não saiba, qualquer tipo de écran dos actualmente exstentes cansa bem mais do que o livro e, digo eu, até pela generalidade dos conteúdos.

Os comentários estão fechados.

%d bloggers like this: