6 passos para toda a gente

Six_degrees_of_separation.png
Nos anos sessenta Stanley Milgram, fez uma experiência que mudou a forma como vemos as relações socias. A experiência consistiu em enviar cerca e 160 pacotes de correio para pessoas vivendo em Omaha no Nebrasca pedindo que essas pessoas enviassem o embrulho para alguém que elas achassem que poderia estar mais próximo do contacto final, que era um corrector em Boston.

A experiência mostrou que a maioria dos pacotes conseguia chegar ao destino em 5 ou 6 passos ligando dessa forma pessoas que não se conheciam. A experiência deu aso aos famosos seis graus de separação que se diz existir em média entre duas pessoas escolhidas ao calhas.

Numa experiência recente, um investigador da Microsoft analisou 255 biliões de mensagens do Mensenger enviadas ao longo de 30 biliões de conversas entre 240 milhões de pessoas durante o mês de junho de 2006.

Depois de analisadas as ligações, o mapa mostrou que a distância média entre utilizadores aleatórios era de 6,6; Um número muito semelhante o de Milgram e as redes Small World o que segundo o autor Eric Horvitz, permite especular “se haverá uma harmónica para a comunicação social” e se o número 6 é alguma constante básica para medir as interacções sociais.

%d bloggers like this: