The problems of upgrading to Sierra

There you go again, apple releases a new OS and Dave starts bitching about how Sierra is broken. Here’s a list of things that stopped working and that I’m really upset about:

I use a different keyboard layout called ColemaP. A slightly optimised version of Colemak. And it relies on the Caps Loc…

read the full story at sixhat.net

Anúncios

Microsoft Office 2008 Atrasado até Janeiro de 2008

Microsoft Office 2008 Delayed Until January 2008: “Microsoft announced that Office 2008 for the Mac will be delayed until January of 2008.

Despite its name, the newest version of Microsoft Office was due for the Mac in ‘the second half of 2007.’ Lingering bugs were cited as the reason…”

(Via MacRumors : Mac News and Rumors.)

Já começa a ser uma verdade que ninguém consegue manter um prazo de lançamento para software. O Vista foi o que foi, o Leopard idem aspas aspas, o Office 2008, só em 2008 e até o iLife parece ir saltar a versão 07. Por outro lado o modelo de releases cíclicas do Ubuntu (de 6 em 6 meses) e de outras distribuições linux parece que ainda é o mais regular que se vai conseguindo ter no mundo do software.

Cada vez mais, esperar que os prazos sejam cumpridos no mundo do software comercial parece ser uma coisa de masoquistas.

Technorati Tags:
,

Bean, o editor de texto para Mac

Farto do Word? O NeoOffice arrasta-se? Pois é, no mac não há grandes alternativas para trabalhar com documentos. O AbiWord para Mac não convence e o Pages da apple não é assim tão interessante. Entra aqui o Bean, um editor de texto muito simples mas que ao fim de alguns tempos convence quem precisa de algo que faça o trabalho e não precisa de 600Mb de lixo que não servem para nada. O Bean é um editor que naturalmente não terá todas as funcionalidades desses outros gigantes, mas é precisamente a sua leveza e velocidade que impressionam.

O editor é WYSIWYG (What You See Is What You Get), o aspecto sóbrio, os resultados excelentes. É verdade que se trata de uma máquina de escrever “on steroids”, mas é exactamente isso que o torna tão atraente. Provavelmente não escreverá neste editor a sua próxima tese de doutoramento devido às necessidades específicas de formatação que as teses tem que apresentar (o melhor é mesmo ir para o Latex nesses casos), mas o seu próximo romance poderá muito bem ser escrito no Bean. E ainda por cima pode exportar os seus documentos para o Word se realmente precisar… mas ao fim de algum tempo vai ver que não precisa. Ainda para mais o Bean é Open Source.

ACTUALIZAÇÃO

Bean Atinge 1.0

Mac OS X: aprendi um truque novo hoje!

Nunca é tarde para aprender coisas novas por muito que o ditado diga que “cão velho não aprende truques novos” e hoje aprendi uma nova no Mac OSX.

Há muitas formas de esconder (“Hide”) uma aplicação. Normalmente a mais utilizada é a de clicar na Dock com o botão direito ou então com o botão CTRL e depois fazer Hide. Mas hoje por acidente descobri uma ainda mais interessante:

Utilizando o botão “Option” (aqueles que tem o alt escrito entre o CTRL e a Maçã) e clicando algures fora da janela da aplicação faz com que a aplicação activa se esconda. Muito prático.

Nunca é tarde para aprender truques novos. Só é pena ainda não encontrei uma shortcut que faça o mesmo que no Gnome em Linux, que permite movimentar a janela utilizando o Alt+Click&Drag em qualquer ponto da aplicação. Será que há uma funcionalidade destas no Mac OSX?

Windows Vista did not steal ideas from Mac OS X!

And the defense rests!

0xED – Editor Hexadecimal para MACs

Tanto se tem falado de números hexadecimais aqui e no mundo, que reparei que não conhecia nenhum editor para MAC. Honestamente, não conhecia porque não tinha precisado até ao momento.

Em linux há o gHex ou o hexcat ou mesmo o hexedit… (esperem, este é para MAC, afinal conhecia 1, se bem que não seja ainda universal) bem, variedade não falta, é só escolher…

Curiosamente (será coincidência?)  hoje ao ler os meus feeds dei com uma aplicação universal para MAC chamada 0xED, um editor hexadecimal… vamos lá testar isto.

Blogar com o Vim no MacOSX

Os utilizadores do MAC estão há algum tempo habituados a utilizar o Textmate para blogar. Sendo um utilizador do VI há muito tempo acabei por me converter ao Textmate para parte do que faço e para blogar também.

No entanto o VIM continua a ter um lugar especial em qualquer desktop e graças ao script escrito pelo Pedro é possível transformar o VIM num excelente cliente de blogs…

No Mac OSX infelizmente o VIM que vem instalado de fábrica é o 6.2 e não foi compilado com suporte para ruby pelo que é inutilizável com o script do Pedro. O melhor é mesmo fazer download da versão 7.0.x a partir do macvim.org.

Depois de instalado há que ter atenção aos encodings em que o se utiliza o gVim. No Mac por defeito o gVim funciona em MacRoman (mesmo que o terminal esteja em UTF-8) pelo que os acentos vão à vida… O melhor é adicionar uma linha aos ficheiros de configuração do vim .gvimrc e .vimrc com

set encoding=UTF-8

para acabar com os problemas.

Esta entrada foi escrita no VIM e colocada online com o script do Pedro MG