Teste Sharpness AF Nikkor 50 mm f1.8

Quer saber qual o f-stop a utilizar para obter o máximo de sharpness desta lente?A resposta rápida é f5.6, mas se quiser ler o teste, por favor continue a ler.Todas as lentes são diferentes mas mesmo as melhores lentes do mundo não se comportam da mesma forma a diferentes aberturas do diafragma. Claro que para efeito de sharpness quase todas as lentes são sharp no centro. Mas será assim mesmo? Neste teste decidi comparar o sharpness central da AF Nikkor 50 mm f1.8 em diferentes aberturas.

Aproveitei uma cadeira que tinha aqui por casa, montei um tripé e decidi testar esta lente. Tirei oito fotografias com prioridade à abertura. Depois no Photoshop CS3 fiz um crop da zona assinalada a azul na foto anterior e montei a foto seguinte. Todas as fotos foram feitas em JPG e gravadas com a mesma definição.Não fotografo cartões de teste porque acho que a fotografia é para ser feita com assuntos reais. A olhar para fotografias é que uma pessoa se entende.

O resultado da ampliação central é óbvia. Com uma abertura maior que f3 perde-se algum sharpness. No meio é onde esta lente se sente mais à vontade. f5.6, f8 e mesmo o f11 apresentam um bom sharpness. Aqui é tudo uma questão de escolha pessoa. Eu prefiro ligeiramente o f5.6 aos restantes. A partir de f11 a abertura é tão pequena que se começam a ter problemas de difracção de luz o que faz com que o sharpness desapareça apesar da maior profundidade de campo.Conclusão?Utilizar diferentes aberturas permite fazer diferentes coisas, mas se o que se procura é sharpness, então na AF Nikkor 50 mm f1.8 a abertura certa é f5.6.

%d bloggers like this: