É segunda feira e faz um calor “hermano”

Começou mais uma semana e tudo está na mesma. O Bill Gates continua a trabalhar na Microsoft apesar de agora dedicar mais tempo a salvar o mundo (uma tarefa decididamente mais fácil que salvar a Microsoft) , os downloads do Firefox continuam a suceder-se apesar do flash por vezes teimar em não funcionar muito bem (aliás, não funcionar mesmo) com o FF3, a Apple anda caladinha a fabricar iPhones como os coelhos fazem filhos porque dia 11 está já aí e fabricar telefones para 70+ países não é coisa simples e a microsoft (2a entrada aqui? devo estar doido) anunciou o Hyper-V que tem nome de “muscle car” mas é somente o sistema de virtualização que vai tentar concorrer com a VMWare. Por cá, o meu Eee Pc é a minha nova paixão.

Por fim, os nossos “hermanos” que ganharam o Euro estão de parabéns, como estariam os alemães se ganhassem. Esta vitória mostra, no entanto, uma coisa fundamental. Foram capazes de fazer aquilo que nós não fomos. Pegar numa geração de miúdos e levá-los a ser campeões. Estes espanhóis foram os mesmos que em 2000 ganharam o europeu de sub-19. Há 4 anos ainda não estavam prontos e foram para casa mais cedo, e agora finalmente viram o seu trabalho vitorioso. 8 anos. 8 anos é quanto demora a preparar uma selecção de futebol para ganhar. Convém relembrar isto, porque se a nossa selecção nacional não quiser entrar em declínio lento tem que rapidamente reinvestir na formação das camadas jovens. As vitórias nestas grandes competições são o resultado de uma corrida de fundo que dura muitos anos, não de um sprint de 6 jogos. Que a vitória espanhola nos sirva de lição.

Anúncios

Os números e falta de crítica!

A Mozilla no lançamento do Firefox 3, tentou um golpe de publicidade tentando bater um record do número de downloads de um software durante as primeiras 24h.

Antes, ninguém tinha feito algo semelhante e portanto o feito do Firefox será único até que outros o tentem.

Mas o mais estranho é que ouvi alguns “pseudo críticos” patetas vir a terreiro tentar aproveitar a boleia do Firefox para falar de outros softwares, tentando menosprezar o feito do Firefox. Passo a explicar:

O Firefox 3 consegui mais de 8 milhões de downloads no primeiro dia. Um feito notável para um software que tem que concorrer com o monopólio do Internet Explorer.

Uma das críticas que surgiram tentando tirar o valor a este feito foi que o Flash da Adobe tem 12 milhões de downloads todos os dias.

Isto atirado assim, parece colocar mal o Firefox. Afinal se um simples plugin consegue ter mais 50% de downloads diários em média do que o Firefox?

Mas o mais curioso destas afirmações é que normalmente não são confirmadas. São atiradas para a Web para atirar poeira e ninguém pensa um bocadinho nelas, quanto mais verificar os números.

Mas pensem assim, a Gartner estima que actualmente existem 1000 milhões de computadores pessoais no planeta. Se o Flash está a fazer 12 milhões por dia… 12 * 365 = 4380 milhões de downloads anuais. Ou seja… cada um dos computadores existentes está a instalar 4,3 vezes por ano o flash. Todos! 4,3 vezes por ano!

Isto serve de exemplo apenas. Mas a verdade é que os exemplos de falta de visão crítica são abundantes e podem dar uma visão errada de um feito ou acontecimento. O Firefox 3 com os seus 8 milhões em 24 horas é efectivamente um feito fantástico. Não há forma de o negar. A tentativa de tentar retirar dividendos para outros softwares é patético. Cabe a quem lê dar-lhe o crédito que merecem: O caixote do lixo.

E já agora, já fez download do Firefox 3?

Dia de Download do Firefox 3!

Download Day 2008

Ajude o Firefox a bater um record do Guinness!

UPDATE: Parece que o Record será maior do que seria de esperar e os servidores estão todos meios parados… muito pior que o Twitter.

Entretanto segundo o Phil se não quiser esperar que os sites voltem a ficar online podem tentar fazer o download directo a partir dos links:

Firefox 3 (Inglês) – Mac OS X

Firefox 3 (Inglês) – Windows

Opera 9.50 e Firefox na calha

opera-950.jpg
O browsers estão a substituir cada vez mais as restantes aplicações dos nossos desktops, funcionando como janela para o mundo.

Um dos melhores browsers, local de inúmeras inovações que mais tarde ou mais cedo acabam por ser copiadas por outros, está de volta. O Opera lançou a versão 9.50 para mac e a primeira impressão é que é rápida. Muito rápida mesma, tanto que o Opera recuperou o seu lugar na minha Dock juntamente com o Webkit e Firefox.

Por falar em Firefox ontem foi dia de Release Candidate 3 e entretanto foi anunciada a data de lançamento do FF3: Dia 17 de Junho, terça feira da semana que se aproxima.

Veja também:
Safari e Firefox e Windows

Safari e Firefox e Windows…

A semana passada a Apple decidiu começar a tentar impingir o Safari aos utilizadores Windows. Ora vamos lá pensar alto um pouco.

O Firefox tem cerca de 25% do mercado dos browsers e basicamente neste momento o mercado dos browsers está bipartido entre o Firefox e o Internet Explorer. (O Opera tem uma cota marginal, muito porque demoraram muito tempo a perceber que o formato de distribuição do browser e a perceber que as pessoas não queriam mais o modelo Eudora no software).

Uma das frases do ano de 2007 do Steve Jobs foi a propósito do iTunes ter uma base de 300 milhões de instalações em Windows por causa do iPod fazendo com que o software mais popular da Apple fosse para Windows.

O lançamento do Safari para windows não deve ter conseguido os downloads que a Apple esperava, por isso decidiu mudar de táctica e tentar impingir o produto através do cavalo de Tróia que tem junto dos tais 300 milhões de utilizadores do iTunes.

Se a táctica for conseguida, onde vai a Apple roubar clientes? Vai roubar clientes aos utilizadores do Firefox? Ou vai roubar aos utilizadores do Internet Explorer? A meu ver não vai ser o utilizador do Firefox, uma vez que nem no Mac o utilizador do Firefox muda para o Safari.

Portanto, o que se coloca é o seguinte… qual a cota que Firefox e Safari juntos podem ter contra o mundo o Internet Explorer? Poderão os dois encurralar o Internet Explorer para uma posição minoritária?

E porque é que contabilizo os dois juntos? Porque no fundo isto é uma questão de dinheiro. No IE o motor de busca por defeito é o Live da Microsoft. No Safari e no Firefox o motor de busca é o do Google. Assim neste outra guerra Safari e Firefox são produtos indistintos. Ambos são os cavalos de Tróia do Google para tentar roubar clientes à Microsoft. Até onde poderão ir?
Ver ainda:

Teste Acid 3

Picture 1.png

Estive a ver o teste Acid 3 aqui com os browsers que tenho instalados e…. vamos aos resultados:

Firefox 2.0.0.12
Picture 2.png

Safari Version 3.0.4 (523.12.2)
Picture 4.png

WebKit r30368
Picture 5.png

WebKit r30966
Picture 6.png

Como se pode ver o Webkit está no bom caminho… mas ainda não está lá… vamos agora esperar pelo lançamento do Firefox 3.0 para ver os resultados também.

O Acid 3 é um teste a browsers vocacionado para principalmente para saber se o DOM e o JavaScript estão implementados de acordo com os standards. Ao todo são 100 subtestes, agrupados em 6 grupos.

mac: Shiira, o meu novo Browser!

Shiira BrowserNunca fui muito fã da utilização do Safari no Macintosh. Perdoem-me os que o adoram, mas nunca o achei capaz de fazer frente ao Firefox. Embora mais rápido a diferença não justificava a mudança, porque estava demasiado preso a todos os add-ons que o Firefox permite.

Assim nunca me dediquei muito a procuar alternativas. Para além do mais o Safari tem problemas inconstantes com o editor de posts do WordPress e por isso não servia para mim.

Uma alternativa que parecia ter algumas potencialidades era o Flock, mas eu não ligo assim tanto a essas coisas “sociais” que o Flock tem e embora seja baseado no código do Firefox não me convenceu.

Por fim decidi experimentar um browser que vem do japão. Chama-se Shiira e surpreendeu-me pela velocidade com que tudo se passa, é mais rápido que o Safari, tem um painel inferior com miniaturas das páginas abertas que passado algum tempo de utilização são um must. Possui também uma funcionalidade de Full Screen total, e permite também fazer Exposé das páginas que se tem abertas utilizando para tal a tecla F8. Brilhante. Para além disso pode-se utilizar os Bookmarks do Safari ou do Firefox como se fossem do Shiira e organizar os Downloads por pastas diarias. Muito bom. E tudo de forma automatica. Por isso, o Shiira é o meu browser para os próximos tempos. Experimentem, é surpreendente.

UPDATE: No WordPress.com o Shiira continua a ter alguns glitches com a criação de posts por causa do javascript. Argh…